Jundiaí Política

Segundo TCU, vice de Edney Duarte recebeu auxílio emergencial mesmo com patrimônio de meio milhão

Segundo o TCU, Rogério Souza, candidato a vice-prefeito que compõe a chapa de Edney Duarte Jr, candidato a prefeito pelo NOVO recebeu auxílio emergencial de R$ 600 mesmo tendo um patrimônio de R$ 533.283,21. De acordo com a tabela, disponibilizada pelo Tribunal, o auxílio do candidato só foi bloqueado após decisão do TCU.

O Tribunal de Contas da União apurou tanto quem recebeu o auxílio emergencial, como quem recebeu o auxílio residual. Na lista, todos os candidatos declararam à Justiça Eleitoral patrimônio superior a R$ 300 mil e chegaram a receber alguma parcela dos benefícios. De acordo com o TCU, as pessoas que receberam de forma indevida o auxílio vão precisar devolver o dinheiro aos cofres públicos.

Além do candidato a vice-prefeito, o levantamento feito pelo TCU ainda mostra 13 candidatos a vereador. Confira a tabela referente à Jundiaí:

Nome do CandidatoPatrimônio declarado ao TSE Tipo de auxílio e Regra aplicávelMomento do bloqueio
SIMONE AMIGA DOS ANIMAIS (PTB) R$             280.000.000,00Auxílio Emergencial de R$ 600 (Lei 13.982-2020)Após decisão do TCU
FLÁVIO BOTAN (PC DO B) R$                     892.500,00Auxílio Residual de R$ 300 (MP 1000-2020)Antes da decisão do TCU
DIRLEI DA UVA (PP) R$                     865.000,00Auxílio Emergencial de R$ 600 (Lei 13.982-2020)Após decisão do TCU
NEGO DO PEIXE (PTB) R$                     840.000,00Auxílio Residual de R$ 300 (MP 1000-2020)Antes da decisão do TCU
NEUZA HENTZ (AVANTE) R$                     815.000,00Auxílio Emergencial de R$ 600 (Lei 13.982-2020)Após decisão do TCU
KATIA CORRUPIRA (SD) R$                     540.000,00Auxílio Emergencial de R$ 600 (Lei 13.982-2020)Após decisão do TCU
ROGÉRIO SILVA DE SOUZA (NOVO) R$                     533.283,21Auxílio Emergencial de R$ 600 (Lei 13.982-2020)Após decisão do TCU
IRMÃO DA LOJINHA (PODE) R$                     515.000,00Auxílio Emergencial de R$ 600 (Lei 13.982-2020)Após decisão do TCU
EZEQUIEL BORGES (PROS) R$                     500.000,00Auxílio Emergencial de R$ 600 (Lei 13.982-2020)Após decisão do TCU
UCHOA (DEM) R$                     450.000,00Auxílio Residual de R$ 300 (MP 1000-2020)Após decisão do TCU
FABI PERSONAL (PL) R$                     359.500,00Auxílio Residual de R$ 300 (MP 1000-2020)Após decisão do TCU
DANI CAUSS (PL) R$                     309.000,00Auxílio Residual de R$ 300 (MP 1000-2020)Após decisão do TCU
LAFAIETE (NOVO) R$                     304.993,00Auxílio Residual de R$ 300 (MP 1000-2020)Antes da decisão do TCU
TUCA (AVANTE) R$                     300.000,00Auxílio Residual de R$ 300 (MP 1000-2020)Após decisão do TCU

O Jundiaí365 tentou contato com Rogério Souza por meio do telefone disponibilizado no site oficial de sua candidatura mas não obteve sucesso.

Ressalvas feitas pelo próprio TCU:
– Os resultados são apenas indícios de renda incompatível com o auxílio
– Há risco de erro de preenchimento pelo candidato
– Há risco de fraudes estruturadas com dados de terceiros
– Só o Ministério da Cidadania pode confirmar se o pagamento é indevido
– Só o TSE pode confirmar eventuais crimes eleitorais
– O papel do TCU é garantir o bom uso do dinheiro público
– Os dados dos candidatos são públicos e estão disponíveis no site do TSE
– Os dados dos beneficiários do auxílio são públicos e estão no Portal da Transparência

VEJA A LISTA COMPLETA AQUI:

TCU disponibiliza lista de candidatos às eleições de 2020 que receberam auxílio emergencial

ATUALIZAÇÃO | 13 de novembro, às 10h29

O Diretório Municipal do Partido NOVO de Jundiaí (SP) vem a público esclarecer que nosso candidato a vice-prefeito, Rogério Souza, foi vítima de tentativa de fraude frustrada, por pessoa ou pessoas desconhecidas que tentaram receber auxílio emergencial em seu nome.

Rogério foi surpreendido, assim como nós, pela notícia quando o TCU liberou a lista completa dos beneficiários do Auxílio que possuem razoável patrimônio e são candidatos.

Imediatamente, procurou a Caixa Econômica Federal para denunciar o ocorrido e obter informações para retirar seu nome da lista, oportunidade em que descobriu que:

  • A tentativa de saque foi feita através de linha celular número (81) 99912-…., da região da Grande Recife (PE), conforme se pode ver na imagem abaixo, retirada dos sistemas da CEF;
  • O estelionatário não conseguiu realizar o saque, contudo com a tentativa o nome do Rogério ficou registrado nos sistemas do auxílio como solicitante.

Como imediata providência, foi realizado bloqueio do CPF da vítima no sistema de cadastro do Auxílio. Esse ato impede a tentativa de ser repetida e concretizar o saque. Como segunda ação foi realizada denúncia à Polícia Federal através do site da Controladoria Geral da União (CGU) (imagem 2).

Estes são os fatos, não havendo qualquer dúvida que Rogério foi vítima de tentativa de fraude.

Os conteúdos dos artigos publicados são de inteira responsabilidade do(s) autor(es), não refletindo, necessariamente, a opinião do corpo ou do conselho editorial do Jundiai365.