Transportes

Revisão das linhas de ônibus diminui em 40% reclamações dos usuários

Como parte das ações do programa “Mobilidade Total”, da Prefeitura de Jundiaí, foi promovida a revisão de 86 linhas do transporte coletivo, o que resultou em 173 alterações no sistema de 2017 para cá. As linhas são responsáveis por quase 8 mil partidas de ônibus por dia. Com isso, a média mensal de cumprimento de partida dos ônibus de Jundiaí segue alta e estável em 2019 – na casa dos 90% – e a pontualidade, relacionada aos horários das partidas, é de cerca de 80%. Outro dado positivo se refere à queda de 42% das reclamações dos munícipes de março de 2017 (quando 777 reclamações foram registradas) para julho deste ano (448).

O esforço para melhorar o planejamento é um indicador importante para a Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte, de acordo com a diretora do Departamento, Ana Paula Silva de Almeida. “Podemos implementar novas linhas, revisar toda a tabela de horários, mudar itinerários ou fazer uma simples adequação de horário. A UGMT está sempre atenta ao tempo de viagem dos ônibus, às reclamações dos usuários e a outros números que mostram os resultados das ações que estão sendo realizadas”, revela.

Somente em setembro de 2019, cinco linhas foram alteradas em Jundiaí: 440 (Novo Horizonte/EE Dom Joaquim Justino Carreira), 446 (Novo Horizonte/EE Jurandyr de Souza Lima), 460 (Bom Jardim/EE Jurandyr de Souza Lima), 504 B (Terminal Vila Arens/Santa Gertrudes Via Água das Flores e Lagoa dos Patos) e a linha 566 (Jardim Adélia/Terminal Cecap), que começou a circular também aos domingos e feriados.

“Como as intervenções que a UGMT realiza são compartilhadas com os usuários, que discutem os problemas do sistema e colaboram com as soluções, as ações da Unidade de Gestão tendem a ser mais efetivas em seu resultado. Até o final deste ano, haverá a revisão das linhas da região da Colônia que passam pelo terminal do bairro. Já sabemos quais são os problemas através de um diagnóstico feito pelas equipes do departamento. Parte das linhas passará por remodelação e outras terão apenas alguns ajustes”, ressalta Ana Paula.

Satisfeitos

Dois usuários da linha 566 (Jardim Adélia/Terminal Cecap), que recentemente passou a circular aos domingos e feriados, estão satisfeitos com o fato de poderem chegar mais rápido a seus destinos. “Nos domingos não tinha a linha do Jardim Adélia. Eu pegava o ônibus no Terminal Hortolândia e ele rodava vários minutos pelo Jardim Tulipas, o bairro Água Doce e o Adélia. Com a mudança, economizo 30 minutos, seja para o Cecap ou para o Centro da cidade”, conta o aposentado Ataíde Costa de Oliveira, de 83 anos, morador do Adélia.

“Antes, ia à noite para um ponto no Morada das Vinhas, bem distante da minha casa. Agora ficou mais seguro chegar e sair do bairro, além de mais rápido. Economizo de meia hora a 45 minutos em cada viagem”, emenda o estudante Bruno Soares, de 17 anos.