Jundiaí

Mata Ciliar aguarda liberação de R$ 700 mil pelo Estado

Reunião na Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania discutiu a liberação do recurso de R$ 700 mil para a Mata Ciliar
A Associação Mata Ciliar conta com o apoio do deputado estadual Alexandre Pereira para a liberação do recurso pelo Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos (FID)

Com projeto selecionado pelo Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos (FID), vinculado à Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania, a Associação Mata Ciliar, em Jundiaí, está na expectativa da liberação do recurso de R$ 700 mil para a compra de equipamentos.  Em reunião com o secretário do Estado da Justiça e Cidadania, Paulo Dimas, e o secretário executivo, Valter Farid, na quarta-feira (26), o presidente da Associação Mata Ciliar, Jorge Bellix de Campos, e a coordenadora de Fauna, Cristina Adamia, acompanhados pelo deputado estadual Alexandre Pereira, foram informados da possibilidade de liberação da verba mediante a regularização da área ocupada pela entidade.  

Diante da garantia do Estado em suspender a venda do terreno e regularizar a ocupação do espaço pela Mata Ciliar, em audiência com o vice-governador, Rodrigo Garcia, no último dia 18, a instituição espera resolver o impasse em relação ao benefício.  

Responsável pela intermediação de todo o trâmite entre a entidade o governo estadual em relação à área, o deputado Alexandre Pereira agendou com o secretário Paulo Dimas para dar andamento à demanda do projeto parado no FID. “Participamos de uma primeira conversa, fomos bem atendidos pelo secretário que se mostrou interessado em resolver. Segundo ele, é grande a probabilidade de sair o recurso, que está na dependência da documentação de permissão de uso da área para avançar”, pontua o parlamentar.

Segundo Jorge, o projeto enviado ao FID prevê melhorias no atendimento prestado pela instituição. “Com a regularização da área, que segundo o Estado deve ocorrer em breve, esperamos que o recurso seja liberado para a viabilização do projeto, que terá um impacto grande no trabalho feito pela Mata Ciliar. A verba é destinada à aquisição de equipamentos sofisticados para o atendimento dos animais, melhorando a qualidade dos serviços prestados”, informa.

Empenhado em contribuir para a melhoria da estrutura da entidade, o deputado estuda indicação de emenda ao orçamento do Estado do próximo ano. “Vamos trabalhar para melhorar a infraestrutura da instituição, que é referência no atendimento veterinário e reabilitação de animais silvestres em todo o Estado e deve ser reconhecida por isso”, pontua Alexandre.

Atualmente, a Mata Ciliar abriga em seu espaço cerca de 850 animais e já atendeu mais de 30 mil ao longo de 30 anos.

Os conteúdos dos artigos publicados são de inteira responsabilidade do(s) autor(es), não refletindo, necessariamente, a opinião do corpo ou do conselho editorial do Jundiai365.