Jundiaí

Com álbum “Lógos”, niLL se reinventa e cria sua própria loja de brinquedos

O lançamento foi no dia 22 de agosto e conta com participações de BK,Callister, Mano Will e Melk

É tudo sobre escolhas e o que fazer”, essa é a frase que está na primeira faixa do álbum “Lógos”, que ajuda a entrar nesse novo universo criado pelo artista, o niLL. Para além das telas de LCD e plataformas digitais, o trabalho já está disponível em todas as plataformas digitais, pelo selo da Sound Food Gang, o artista dá continuidade a saga do personagem, que no álbum “Regina”, tanto se questionava e agora ganha vida e percepções sobre tempo e espaço. A capa foi desenvolvida pelo ilustrador Wagner Loud, o responsável por transformar ícones do rap nacional em heróis de quadrinhos. A produção fica por conta do Adotado – seu alter ego -, com instrumentais de Nave, Crimenow, Tan Beats e Yung Buda e tem participações de BK, Callister, Mano Will e Melk.

O personagem saindo da caixa e ganhando vida, remete a essa continuidade e evolução do próprio artista. niLL constrói uma nova narrativa e experimenta uma sonoridade diferente. Criando um universo sonoro regado de elementos cyberpunk e que te remete a filmes como Blade Runner e um pouco de Miami Vice, por conta do vaporwave, Lógos te leva a uma dimensão em que cada música parece uma fase de um jogo.

O álbum fala de tempo – o conceito Lógos -, e ao mesmo tempo se passa em uma loja de brinquedos, onde os sentimentos e percepções tornam-se comuns a todos. “Uma loja de brinquedo é uma fábrica de sonhos e mesmo sendo adulto, quando entra você volta a sonhar”, explica niLL sobre a escolha do tema. O título é baseado na filosofia do pensador grego Heráclito, que fala sobre o fogo e vem falar sobre a fé inconsciente.

niLL demorou cerca de um ano para produzir seu terceiro trabalho de estúdio e espera atingir um público fora do circuito de rap e pretende explorar outros talentos além da música, como a criação de animações. Sempre buscando expandir, este trabalho demonstra mais maturidade e novas percepções do artista. As referências vieram por meio de vivências pessoais e busca por conhecimento interior.

Sobre o artista

Davi Rezaque de Andrade, é um rapper jundiaiense nascido em 1993. Por ter crescido numa família pouco musical, descobriu o rap com os amigos da rua e da escola. Na adolescência, fez parte de alguns coletivos de rap com colegas de Jundiaí, sendo o Sem Modos o principal. Em 2015, após o fim do grupo, criou a gravadora SoundFood Gang, junto com outros nove MCs e beatmakers da sua cidade natal: Érrea, G.u, Skin, Chinv, Mokado, Mano Will, Dj Buck, Yung Buda e Chábbaz.

O flow “largado” e os beats lo-fi são características presentes desde o primeiro EP solo de Nill, NEGRAXA, lançado em 2016. Em 2017, o rapper conquistou os fãs de anime e de rap underground e Brasil afora com o seu elogiado disco Regina – que esteve presente em várias listas de Melhores Discos Nacionais do Ano elaboradas por sites especializados, como Noisey Brasil, e Monkeybuzz, além de ter rendido ao MC o Prêmio Genius Brasil de Artista Revelação no mesmo ano.

Em 2018, Nill volta à cena com sua nova mixtape, Good Smell Vol. 1, lançada em agosto. No novo trabalho, o rapper explora ainda mais o vaporwave na produção dos seus beats – trabalho que já tinha sido iniciado no Regina – e convida duas rappers estrangeiras para a rimar com ele: a búlgara With Love Nika e Normal Gene, da Filadélfia (EUA). Para um futuro próximo, Nill está planejando lançar os volumes seguintes da mixtape, além de se dedicar a outros projetos de seus parceiros de SoundFood Gang.

Etiquetas
Os conteúdos dos artigos publicados são de inteira responsabilidade do(s) autor(es), não refletindo, necessariamente, a opinião do corpo ou do conselho editorial do Jundiai365.